Arquivo da categoria: Campeões Mundiais

MEDINA rumo ao título

Abrindo a revista VEJA desta semana …Uma matéria sobre Gabriel Medina.

Com 9 patrocinios, e ganhando liquido 1 milhão por ano, a nova sensação do surfe mundial é um brasileiro.

Mr. Kelly “ET” Slater, disse semanas atrás que Gabriel é o surfista ais perigoso do Tour..

Natural de Maresias, Gabriel de 20 anos, tem toda a chance de ser o primeiro BRASILEIRO, a ser  campeão mundial.

O surfe vai explodir de vez no Brasil, e o crowd vai aumentar, e talvez as marcas de surfe se beneficiem com isso e consigam sair da crise.

Vamos ver o que vai dar.. vamos torcer e acreditar…..

PRA CIMA DELES MEDINA

A revista veja desta semana traz uma reportagem com Gabriel Medina

A revista veja desta semana traz uma reportagem com Gabriel Medina

GABRIEL-MEDINA-SURFISTA-103-size-598

photo : O surfista brasileiro Gabriel Medina em Trestles, na Califórnia – Gilberto Tadday/VEJA

Anúncios

Mick Fanning – Décimo Quinto Campeão Mundial de Surf – 2007

O aussie Mick Fanning foi o 15 campeão mundial de surf em 2007

Não sei o que falar dele, sei que mora perto de kirra, ficou milionário com o surf, surfa muito, mas parece perder o foco fácil, como todo australiano, festas, cerveja distraem suas mentes.

Tenho minhas dúvidas se virá a ser campeão novamente.

Ele merece, tomara que seja…

Mick Fanning World Champion in BRAZIL – The best waves of the final day of the Hang Loose PRO.
Get de PodCast at http://www.hangloosepro.com.br

Final Heat Dane Reynolds x Mick Fanning – 2009 Hurley Pro

1 – 17.40 Mick Fanning AUS
2 – 13.10 Dane Reynolds USA

Andy Irons – Décimo Quarto Campeão Mundial de Surf – 2002,2003,2004

O havaiano Andy Irons foi tri campeão mundial de surf em 2002,2003,2004.

Andy Irons and Corey Lopez surf Waimea bay shorey.

Coerência é uma palavra suja pros jovens. Ninguém quer o rótulo, e ninguém poderia se beneficiar mais dela do que Andy Irons.

O cenário tropical exuberante de Kauai tem sido o lar do clã Irons desde o primeiro dia. Phil Irons transplantado da Califórnia, em 1970. Apenas um ano mais novo do que Andy é irmão de Bruce – sua infância de sparring e um surfista igualmente talentosos.

Em 1997, Irons qualificado para o WCT na temporada seguinte. Enquanto a maioria de sua época de solteira era uma lavagem, por duas semanas em julho, ele estava no topo do mundo. Na poça em Huntington Beach, ele conquistou back-to-back eventos, a estrela de seis G-Shock E.U. Open (qualificador de uma maior) e do Pro Op.

Mais recentemente, Irons tirou uma lista guardada de moradores e os profissionais de topo do WCT para o seu 4 Vans Triple Crown título, incluindo uma vitória em Haleiwa eo Pipeline Masters.

C.J Hobgood – Décimo Terceiro Campeão Mundial de Surf – 2001

C.J Hobgood foi o 13 campeão mundial de surf em 2001

Surfa bem, lógico, mas não gosto dele, do seu surf e, na minha opinião, ganhou por sorte.

CJ Hobgood wins Billabong Mundaka – Highlights

Check out the action highlights of the final day. Where at the last minute CJ Hobgood from USA took the winner wave, so winning the Billabong Pro Mundaka over Joel Parkinson from Australia

Have a sweet moment with FIJI and CJ HOBGOOD

Sunny Garcia – Décimo Segundo Campeão Mundial de Surf – 2000

O Havaiano Sunny Garcia é o 12 campeão mundial de surf

Desde que ele era um garoto, o sonho de Sunny Garcia foi para chutar para trás como um gordo, feliz havaiano com um grupo de garotos correndo em volta. Que a existência permaneceu em perigo como prêmio um que faria dele o conteúdo – um título mundial – iludiu 14 anos consecutivos. Com a inspiração de um novo amor e um regime novo da aptidão, ele manteve uma horda de adversários na baía e, aos 30 anos, liderou a turnê do ASP do início ao fim de fugir com a coroa de 2000.

Crescer em Oahu, no West Side de Oahu, não foi uma tarefa fácil – mesmo para um local. Vincent Sennen Garcia veio de um lar desfeito e encontrou surf como um refúgio dos combates e à pobreza. Ele possuía a sua divisão em havaiano Surfing Association e pulou para a turnê em 17 anos de idade, após abandonar a escola. Garcia saiu dos blocos com uma cabeça de vapor, como ele estreou em 1986 o Gotcha Pro em Sandy Beach. Ele derrotou o campeão mundial Tom Carroll e afirmou categoricamente o seu objetivo foi o de chutar algum traseiro Top 16. Revista Surfer’s Pro Tour prognosticator Derek Hynd comparou o West Side maravilha a um moderno-dia Cassius Clay, um slick “, pesadelo negro vir a whup algum burro “. Ele só perdeu o Top 16 em 1987 e estava com raiva insatisfeito com seu desempenho. Houve peso morto na frente dele, e todos os indicadores que ele subir.

O súbito acesso ao dinheiro e independência levou a uma criança de Hollywood destruição da estrela. Drogas e falta de foco manteve-o fora da trilha, e não foi até o início dos anos 90 que ele chegou perto de atingir seu potencial. Sua recuperação coincidiu com a estabilidade, tão necessária fornecida pelo seu casamento e três filhos. Ele esteve entre os 10 primeiros no mundo a cada ano desde 1990, subindo para terceiro três vezes. Em 1995, ele só tinha a ganhar um calor no Pipeline no evento final, a coroa seria seu, mas o destino interveio com Mark revitalização Occhilupo e missão impossível Kelly Slater’s. Garcia tinha tudo, mas a vitória garantida, e seu custo assuredness ele.

Quando Garcia entrou em cena em meados dos anos 80, ninguém poderia ter previsto que ele ia continuar a ser um concorrente para o próximo milênio. Durante sua carreira, ele foi testemunha de sete cabeças diferentes vestir a coroa mundo. Embora afirmando quatro havaiano títulos Triple Crown no talento cru e desejo, ele ganhou elogios eo respeito de seus contemporâneos. Ele nunca foi candidato a atenção que perseguiu fotógrafos para apaziguar os seus fãs e patrocinadores. Para além das competições, ele ficou bastante longe do circo North Shore completamente, preferindo a andar de motocross ou navegar sozinho. Com um bando de jovens desafiantes ganhando o vapor e sua paciência esgotando, afigurou-se o seu título nunca viria.

Inspirado pelo retorno surpreendente de 33-year-old Occy, de 1999, campeão do mundo ASP, Garcia galpão £ 25 e abandonou sua amada dieta de junk food. Tendo divorciado um par de anos antes, ele se casou com a filha da lenda do surf Joey Cabell, Reina, que fez com que Garcia permaneceu fiel ao seu jogo. “Não posso dar a minha esposa crédito suficiente”, diz ele. “Sempre que eu ficar chateado, ela é o anjo no meu ombro.” Juntos, eles se mudaram para Kauai, onde Garcia encontrado sparring parceiros em Bruce e Andy Irons – dois dos surfistas mais progressistas do mundo e certas para mantê-lo pensando jovens. Surfe mais rápido e mais consistente do que nunca, ele venceu os dois primeiros eventos da temporada 2000 na Austrália e nunca abandonou sua liderança. Após conquistar o título no penúltimo evento no Brasil, ele ficou muito aliviado, mas não está pronto para pendurar. “Eu vou voltar para Kauai e treinamento duas vezes mais difícil”, disse ele. Pelo menos agora, aguarda o seu sonho sempre que ele está pronto. – Jason Borte, Janeiro de 2001

Fonte Surfline

Mark Occhilupo – Décimo Primeiro Campeão Mundial de Surf – 1999

O Aussie Mark Occhilupo foi o 11 campeao mundial de surf.

O touro indomável é outro que não precisa falar muito, só colocar os videos.

Após abandonar o circuito, engordar, se envolver com todas as substancias proibidas, Occy se isolou no deserto australiano, treinou, emagreceu, se livrou das drogas pesadas e voltou para ser campeão!!

Disse drogas pesadas porque anos depois, no Rio de Janeiro, foi pego fumando um na praia, deu umas bermudas para o polícia e pegou o aviao rapidinho…

Mas sempre vai ser lembrado pelo seu Surf forte e não pelo que fez fora dágua.

Confesso que de todos os campeões mundiais, esse é o meu predileto…

The Green Iguana – Rocky surfs just like Occy

Esse já foi postado:

Tom Curren vs Mark Occhilupo in what might be the greatest man-on-man surfing heat of all time. At that moment, it was the best regular foot, against the best goofy foot, both completely going off.

Mark Occhilupo Against Kelly Slater and Joan Duru round 1 Heat#8
First day of WCT( ASP World Tour) Pro France 2006 in Hossegor.

Kelly Slater – Décimo Campeão Mundial de Surf – 1992,1994,1995,1996,1997,1998,2005,2006,2008

Kelly Slater, o décimo campeão mundial de surf, o unico que pode ser 10 vezes campeão e o maior ganhador de titulos do circuito.

Seu surgimento “coincide” com a maior profissionalização do circuito e o surgimento do atual e ameaçado, Dream Tour.

Não tem o que falar dele, todo mundo já sabe, é só pesquisar pelo nome slater em nosso blog que deve ser o maior numero de posts.

Vou tentar colocar uma sequencia de videos de Slater em diferentes situações…

Kelly Slater surfs in contest at Queenscliff beach Sydney 1998.

Nesse ele ainda tinha cabelo…

Kelly Slater at Pipeline Masters2008
Kelly Slater does it again winning the Pipeline Masters!!

slater doing a 360 on his paddleboard

Surfando na sua terra natal que, por incrivel que pareça, não tem onda…

Kelly Slater Surfing in Cocoa Beach 2008-Slater Invitational-November 8th 2008 at The Hilton in Cocoa Beach.

E pra fechar o que Slater sabe fazer de melhor:

Kelly Slater’s Perfect 10 – Boost Pro

2008

US Open of Surfing 2009, Kelly Slater’s perfect 10 tube ride at regular speed

Vou parar aqui, mas tem mais de 50 videos dele que nunca postei e postaria aqui…

Martin Potter – Nono Campeão Mundial de Surf – 1989

Martin Potter foi o nono campeão mundial

Hell men são neutralizados pela concorrência. Eles banham no que diz respeito, mas eles não ganham títulos mundiais. Claro, hell men prosperaram, especialmente quando surf era selvagem e expansão da mente era aceitável, até mesmo incentivada. Mas, no “maior é melhor tour” dos anos 80, onde a consistência foi o ponto de referência em um 25-plus estafante turnê evento, que afundava. Os campeões de 1987 e 1988, Damien Hardman e Barton Lynch, foram os conservadores de renome, raça máquinas de competição. Ao mesmo tempo, Martin Potter foi, sem dúvida, a melhor Freesurfer no planeta. Mas consistente? Não é um acaso.

Potter começou a surfar em Durban, África do Sul, aos 10 anos. Por 15 anos, ele tomou o mundo pela tempestade, derrotar Shaun Tomson para vencer sua primeira competição profissional e terminando em segundo em seus primeiros dois eventos IPS. O inverno seguinte no Pipe Masters, ele superou o pior de tubos do inverno, a 12-screamer pé que o entregou para o estrelato.

celous movies – Martin potter mostrando um surf animal em 1987 que nao perde nada para o surf atual.

Raridade!!!! dois anos antes de ser campeão mundial!!!

Um mais atual:

Martin Potter in Guethary, Alcyons:

Fonte Surfline

Barton Lynch – Oitavo Campeão Mundial de Surf – 1988

O aussie Barton Lynch foi o oitavo campeão mundial em 1988.

Afável, expansivo, intransigente: três palavras que descrevem adequadamente um de surf pro rampantly homens da frente sem rodeios, Barton Lynch. O desajeitado (e alguns dizem que improvável) campeão do mundo de 1988 vai ficar como uma figura-chave no número sempre decrescente de caracteres em uma época marcada por sua homogeneidade sufocante no cenário profissional.

Levantadas no frondoso, subúrbio calmo das praias do norte de Sydney, na Austrália, a propensão de Lynch para o surfe tornou-se claro desde o início. Depois que seu pai morreu em um acidente de moto, 11-year-old Lynch prometeu a sua mãe que ele ia se tornar um surfista campeão do mundo….
Fonte e continuação do texto:
Surfline

Treinando os campeões de amanhã:

World Champion Surfers Tom Carroll and Barton Lynch feature in this channel 9 Sydney Australia news story on Tow-in surfing.

Eu achei esse canal do u tube que se bobear é dele mesmo!!

Barton

Damien Hardman – Sétimo Campeão Mundial de Surf – 1987, 1991

Damien Hardman, sétimo campeão mundial

Possivelmente o melhor surfista profissional, Damien Hardman surgiu na década de 70 surgiu como um dos maiores talento, da época.  vivendo no Norte Narrabeen, Austrália, e através dos anos 80 e 90, desenvolveu a ciência da competição de surf para uma arte. Apesar disso – ou talvez por causa dela – ele nunca ganhou o respeito internacional por uma, duas vezes campeão do mundo Pro Surfing.

Não tem vídeo só dele no u tube, mas tem esses em que aparece:

Pena existirem poucos videos dessa lenda…

Fonte e maiores informações sobre o surfista:

http://www.surfline.com/surfaz/surfaz.cfm?id=827

Tom Curren – Sexto Campeão Mundial – 1985,1986,1990

TOM CURREN
o Mestre do Estilo? Enigmático? Apático? Humilde? Soul surfer? Free Surfer? Up to Date? Carismático?
Entediado?
Talvez um pouco de tudo……..Talvez uma lenda criada pelo mercado…………..
O que sei que é um grande surfista…….
Serenidade ao entubar,Sintonia no mar, Tranquilidade ao manobrar
Tirem suas conclusões
Dica: The Search 1, 2 e 3.Searching for Tom Curren e toda série de VHS,da Rip Curl anos 90 (esta é para os saudosistas)

Tom Curren -J Bay

Tom Currren Bawa Sumatra (BIG)

Fonte e maiores informações sobre o surfista:
http://www.surfline.com/surfaz

Tom Carroll – Quinto Campeão Mundial de Surf – 1983,1984

Tom Carroll, Quinto Campeão Mundial em 83 e 84.

Português sei lá da onde:

Quando Tom Carroll foi profissional em 1979, ele era o cara mais verticalmente desafiado do lote. Na época, ainda era um jogo de grande homem, e os 5-foot-6-inch Carroll poderia compensar pela condução de um grande caminhão ou tornando-se a definição do poder e do rasgo em surf sérios para se tornar um gigante em campo. Escusado será dizer que ele escolheu a segunda.

Carrol continua na ativa e surfando muito.


Fonte e maiores informações sobre o surfista:
http://www.surfline.com/surfaz

Mark Richards – Quarto Campeão Mundial de Surf – 1979, 1980, 1981, 1982

Mark Richards, Quarto campeão mundial de surf, tetra campeão consecutivo.

Com estilo único, surfando como uma gaivota em pleno voô, esse surfista australiano fez uma façanha tão adimirável quanto os títulos de Slater…

Fazendo comercial de frango…

Fazendo o que melhor sabe fazer: Competir
Pelo estilo não precisa nem falar quem é ele no vídeo…

Offshore Pipeline Masters
2ª etapa do circuito mundial IPS
Local: Banzai Pipeline, Oahu, Hawaii
Data: 29 de novembro a 7 de dezembro de 1982

Resultado
1º. Michael Ho (HAW)
2º. Mark Richards (AUS)
3º. Hans Hedemann (HAW)
4º. Shaun Tomson (AFS)
5º. Richard Cram (AUS)
5º. Martin Potter (GBR)
7º. Bobby Owens (EUA)
7º. Wayne Bartholomew (AUS)

Fonte e maiores informações sobre o surfista:
http://www.surfline.com/surfaz

Wayne Bartholomew – Terceiro Campeão Mundial de Surf – 1978

Wayne “Rabbit” Bartholomew

Este é o nome do Terceiro Campeão Mundial de Surf.

Mais uma do Rabbit

Fonte e maiores informações sobre o surfista:
http://www.surfline.com/surfaz

Shaun Tomson – Segundo Campeão Mundial de Surf – 1977

O segundo título mundial foi para um Sul africano:

Shaun Tomson

Shaun considera J-Bay a melhor onda para se surfar, alguém duvida?

Fonte e maiores informações sobre o surfista:
http://www.surfline.com/surfaz

Peter Townend – Primeiro Campeão Mundial de Surf – 1976

Peter Townend, primeiro campeão mundial

Tinha uma banda “Bronzed Aussies”

“Eu fui transferido para a escola da vida”, relembra PT, “a escola da Samsonite, como gosto de chamá-la.” 

Peter Townend Pegando uma onda no 10th annual Surfside Seventies:

Peter Townend talks with Bob Hurley and Rob Machado

Fonte e maiores informações sobre o surfista:
http://www.surfline.com/surfaz

ASP World Tour Champions

Um pouco de informação não faz mal a ninguém>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

A lista de todos os campeões mundiais

Fonte: aspworldtour.com

Year Men Longboard
2008 Kelly Slater (USA) Bonga Perkins (Hawaii)
2007 Mick Fanning (Australia) Phil Rajzman (Brazil)
2006 Kelly Slater (USA) Josh Constable (Australia)
2005 Kelly Slater (USA) N/A
2004 Andy Irons (Hawaii) Joel Tudor (USA)
2003 Andy Irons (Hawaii) Beau Young (Australia)
2002 Andy Irons (Hawaii) Colin McPhillips (USA)
2001 C.J Hobgood (USA) Colin McPhillips (USA)
2000 Sunny Garcia (Hawaii) Beau Young (Australia)
1999 Mark Occhilupo (Australia) Colin McPhillips (USA)
1998 Kelly Slater (USA) Joel Tudor (USA)
1997 Kelly Slater (USA) Dino Miranda (Hawaii)
1996 Kelly Slater (USA) Bonga Perkins (Hawaii)
1995 Kelly Slater (USA) Rusty Keaulana (Hawaii)
1994 Kelly Slater (USA) Rusty Keaulana (Hawaii)
1993 Derek Ho (Hawaii) Rusty Keaulana (Hawaii)
1992 Kelly Slater (USA) Joey Hawkins (USA)
1991 Damien Hardman (Australia) Martin McMillan (Australia)
1990 Tom Curren (USA) Nat Young (Australia)
1989 Martin Potter (GB) Nat Young (Australia)
1988 Barton Lynch (Australia) Nat Young (Australia)
1987* Damien Hardman (Australia) Stuart Entwistle (Australia)
1986* Tom Curren (USA) Nat Young (Australia)
1985* Tom Curren (USA) N/A
1984* Tom Carroll (Australia) N/A
1983* Tom Carroll (Australia) N/A
1982 Mark Richards (Australia) N/A
1981 Mark Richards (Australia) N/A
1980 Mark Richards (Australia) N/A
1979 Mark Richards (Australia) N/A
1978 Wayne Bartholomew (Australia) N/A
1977 Shaun Tomson (South Africa) N/A
1976 Peter Townend (Australia)