Arquivo da tag: Campeões Mundiais

Ranking do Blog – Campeões Mundiais

Se perceber, listamos todos os campeões, mas não ranqueando pelo ano, mas sim pela ordem de Surfistas que foram campeões.

Nesse pensamento o Ranking é assim:

15º – Mick Fanning – 2007
14º – Andy Irons – 2002,2003,2004
13º – CJ Hobgood- 2001
12º – Sunny Garcia – 2000
11º – Mark Occilupo – 1999
10º – Kelly Slater – 1992,1994,1995,1996,1997,1998,2005,2006,2008
9º – Martin Potter – 1989
8º – Barton Lynch – 1988
7º – Damien Hardman – 1987,1991
6º – Tom Curren – 1985,1986,1990
5º – Tom Carroll – 1983,1984
4º – Mark Richards – 1979,1980,1981,1982
3º – Wayne Bartholomew – 1978
2º – Shaun Tomson – 1977
1º – Peter Townend – 1976

C.J Hobgood – Décimo Terceiro Campeão Mundial de Surf – 2001

C.J Hobgood foi o 13 campeão mundial de surf em 2001

Surfa bem, lógico, mas não gosto dele, do seu surf e, na minha opinião, ganhou por sorte.

CJ Hobgood wins Billabong Mundaka – Highlights

Check out the action highlights of the final day. Where at the last minute CJ Hobgood from USA took the winner wave, so winning the Billabong Pro Mundaka over Joel Parkinson from Australia

Have a sweet moment with FIJI and CJ HOBGOOD

Martin Potter – Nono Campeão Mundial de Surf – 1989

Martin Potter foi o nono campeão mundial

Hell men são neutralizados pela concorrência. Eles banham no que diz respeito, mas eles não ganham títulos mundiais. Claro, hell men prosperaram, especialmente quando surf era selvagem e expansão da mente era aceitável, até mesmo incentivada. Mas, no “maior é melhor tour” dos anos 80, onde a consistência foi o ponto de referência em um 25-plus estafante turnê evento, que afundava. Os campeões de 1987 e 1988, Damien Hardman e Barton Lynch, foram os conservadores de renome, raça máquinas de competição. Ao mesmo tempo, Martin Potter foi, sem dúvida, a melhor Freesurfer no planeta. Mas consistente? Não é um acaso.

Potter começou a surfar em Durban, África do Sul, aos 10 anos. Por 15 anos, ele tomou o mundo pela tempestade, derrotar Shaun Tomson para vencer sua primeira competição profissional e terminando em segundo em seus primeiros dois eventos IPS. O inverno seguinte no Pipe Masters, ele superou o pior de tubos do inverno, a 12-screamer pé que o entregou para o estrelato.

celous movies – Martin potter mostrando um surf animal em 1987 que nao perde nada para o surf atual.

Raridade!!!! dois anos antes de ser campeão mundial!!!

Um mais atual:

Martin Potter in Guethary, Alcyons:

Fonte Surfline

Barton Lynch – Oitavo Campeão Mundial de Surf – 1988

O aussie Barton Lynch foi o oitavo campeão mundial em 1988.

Afável, expansivo, intransigente: três palavras que descrevem adequadamente um de surf pro rampantly homens da frente sem rodeios, Barton Lynch. O desajeitado (e alguns dizem que improvável) campeão do mundo de 1988 vai ficar como uma figura-chave no número sempre decrescente de caracteres em uma época marcada por sua homogeneidade sufocante no cenário profissional.

Levantadas no frondoso, subúrbio calmo das praias do norte de Sydney, na Austrália, a propensão de Lynch para o surfe tornou-se claro desde o início. Depois que seu pai morreu em um acidente de moto, 11-year-old Lynch prometeu a sua mãe que ele ia se tornar um surfista campeão do mundo….
Fonte e continuação do texto:
Surfline

Treinando os campeões de amanhã:

World Champion Surfers Tom Carroll and Barton Lynch feature in this channel 9 Sydney Australia news story on Tow-in surfing.

Eu achei esse canal do u tube que se bobear é dele mesmo!!

Barton