Arquivo da tag: Janis Joplin

Aqueles que ficam tentando recriar o Festival de Woodstock , ou não viveu, ou não viu essa foto”

Em 15 de agosto de 1969, tem início o Festival de Woodstock, em uma fazenda em Nova York. Cerca de 500 mil jovens conviveram por três dias, no auge da pregação em torno do sexo, drogas e rock’n’roll. Este movimento da “contracultura” criticava o capitalismo e condenava a Guerra do Vietnã.

Os imortais:

Post pra chorar:

Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma prá viver
Ideologia!
Eu quero uma prá viver…

De acordo com o post do secreto, coloco uma sequencia dos imortais:

e pra encerrar uma dobradinha: Jimi Hendrix + Jim Morrison!!!

O mundo ja foi melhor…

Os bons morrem cedo

Torço por ela, mas ta seguindo o caminho de outros:

Jim Morrison, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Elvis, Cazuza, Tim Maia etc…

Na minha opinião, essa galera vem para causar, fazer sucesso, deixar história e morrer; mais ou menos como nós viemos ao mundo para nascer, crescer, reproduzir e morrer…..no fim é tudo a mesma merda!!!

Gênios Loucos

São eles que fazem história. Janis Joplin, Amy Winehouse, Jim Morrison, Jimi Hendrix, Raul Seixas,  Michael Jackson, Beethoven etc.

O Surf e o Skate já foram melhor representados pelos Gênios Loucos da Contracultura.

O primeiro vídeo é do programa Realce, 1993,  com o perfil de Shane Herring.

Olha o trecho retirado do blog Goiabada do Pedro César:

julioadler.blogspot.com/…/curren-por-pepe.html

De todos que surgiram depois de Curren, Herring era o único que tinha a postura e elegância do mestre – e ainda mais power.
Perguntei ao Sarge e Barton Lynch onde andava Herring e os dois bateram nas veias do braço mostrando o caminho de entrada da heroína.
Sarge se adiantou em dizer que volta e meia Herring ensaiava uma volta e que, tirando Occy, ShaneHerring foi o talento mais bruto e selvagem que ele acompanhou.
Lembro do S.H. em 1990 na França com sua pranchinha Daniel (apesar de ser de Dee Why, terra do Simon Anderson), fazendo miséria nas triagens.
Dois anos depois ele estava competindo de igual pra igual com Slater no circuito.
Tres anos depois já era história.

No segundo vídeo, o estilo surf de andar de skate. Jay Adams apresentando ao mundo a fusão do surf e skate.

Tem um juiz que dá nota um. kkkkkkkkkk