Arquivo da tag: mr

SCT- Tá confirmado? Lógico vcs tinham alguma dúvida?

Temos colocado em nosso blog a respeito de um novo circuito mundial.
Para quem acompanha o assunto,sempre houve interesse em colocar o surfe nos X Games (patrocinado pelo canal de tv a cabo americano ESPN),no entanto a ASP,chegou a avisar que iria punir os atletas da elite ,que entrassem na competição.
A algum tempo vem se dizendo que Mr. Slater, seu manager e a ESPN , estão negociando um novo Tour.
Surfando na rede e procurando algo todos os dias, acabou de achar esta coluna escrita pelo Carlos Sarli ,no site da TRIP de publicada dia 10 deste mês.
TIRE SUAS CONCLUSÕES MY FRIENDS…

Publicado em 10.08.2009 , no site da Trip, por Carlos Sarli

O Tour de sonho do Slater
Kelly Slater negocia com a ESPN Internacional para promover um circuito paralelo ao WCT

O que era rumor, fofoca, virou notícia há cerca de um mês no “The Noosa Journal”, da Austrália. O jornalista Phill Jarret, ainda oficiosamente, deu forma ao que seria o circuito alternativo ao Mundial de surfe da ASP. Enquanto Slater competia no Brasil, seu empresário, Terry Hardy, estaria negociando com a ESPN Internacional para viabilizar oito provas no ano que vem, com 16 atletas e US$ 1,5 milhão em prêmios em cada etapa.

O número pequeno de competidores, e como eles seriam definidos e posteriormente renovados, é um dos pontos mais discutíveis do Slater’s Dream Tour. O critério de julgamento também seria diferente do atual, procurando valorizar o desempenho que mais emocione o público. Tudo para culminar num formato televisivo, algo que se busca há anos sem sucesso no surfe.

Na semana passada, carregando uma prancha, Kelly Slater concedeu entrevistas na chegada ao Staples Center, ginásio em Los Angeles onde aconteciam os XGames, organizados pela ESPN. E ontem o jornal “The Australian” publicou uma matéria na qual Slater deixa clara a intenção de promover um circuito paralelo ao WCT.

Destacando que não necessariamente competirá no potencialmente lucrativo novo “rebelde” circuito (duvido) nem investiu no projeto (acho que ele quis dizer dinheiro), Slater reconhece que a “ASP tem provido pra mim e muitos outros uma longa vida de sonho e eu sou eternamente grato. Mas as coisas mudam e a ASP tem que aceitar” e reforça que “muita gente” se recusa a trabalhar com a ASP.

O WCT é todo patrocinado por marcas do segmento, basicamente pelas três maiores, que também patrocinam os atletas, e a ideia é trazer dinheiro de fora, e grosso, para o novo circuito. A proposta já ganhou adeptos de peso. Bob McKnight, CEO da Quiksilver, comprou a ideia, considerando que há espaço para os dois circuitos.

A organização dos surfistas, WPS, pressiona a ASP por mudanças, especialmente na premiação, e vê com simpatia a proposta de Slater, mas não concorda com o número reduzido de atletas. Já a ASP, até agora, se cala.

Mr Kelly Slater in Barbados

Rob Page

Se me perguntarem nomes de gringos que moldaram meu estilo quando comecei a surfar,é fácil lembrar de alguns que sempre gostei do estilo: Tom Curren, Matt Archbold,Tom Caroll, Ronnie Burns (r.i.p), Brad Gerlach, Margo entre outros…

Como sou goofie footer meus prediletos sempre foram: Gerry Lopez, Occy e Rob Page.

Lopez e Occy dispensam apresentações.

Reza a lenda que Mr. Page morou um tempo no Rio (Saquarema?)E até fala português…

Outra história diz que pegou uma “cana” no Japão por portar substância proibidas naquele país.

Soul sytle Presents…. Rob Page em Mentawaii,Macarronis,(INDO)>>>>>>>