Arquivo da tag: parkinson

O’neill World Cup of Surfing + Maya Gabeira no mesmo post.

Numa “final antecipada”, Parko, que disputa o título mundial com Mick Fanning, venceu o também australiano Mick e levou a etapa do WQS.

O catarinense Marco Polo Classificou-se para a elite do surf mundial e acompanhará Mineirinho e Jadson André, que são os outros dois brasileiros classificados.

13.17 Joel Parkinson AUS
12.87 Sunny Garcia HAW
10.16 Mick Fanning AUS
2.43 Dusty Payne HAW

Ranking final do WQS 2009

1 Daniel Ross (Aus) – 15.744 pontos
2 Patrick Gudauskas (EUA) – 14.876
3 Jadson André (Bra) – 14.813
4 Adam Melling (Aus) – 14.638
5 Owen Wright (Aus) – 14.338
6 Luke Munro (Aus) – 13.713
7 Jay Thompson (Aus) – 13.638
8 Nathan Yeomans (EUA) – 13.419
9 Dusty Payne (Haw) – 13.194
10 Brett Simpson (EUA) – 13.150
11 Matt Wilkinson (Aus) – 12.850
12 Tanner Gudauskas (EUA) – 12.569
13 Travis Logie (Afr) – 12.344
14 Marco Polo (Bra) – 12.331
15 Joan Duru (Fra) – 12.325
15 Blake Thornton (Aus) – 12.325
17 Bernardo Pigmeu (Bra) – 12.301
19 Rodrigo Dornelles (Bra) – 12.206
25 Willian Cardoso (Bra) – 11.251
26 Alejo Muniz (Bra) – 11.150
28 Neco Padaratz (Bra) – 10.779
29 Leonardo Neves (Bra) – 10.750
40 Pablo Paulino (Bra) – 9.813
41 Wiggolly Dantas (Bra) – 9.700
45 Miguel Pupo (Bra) – 9.366
46 Renato Galvão (Bra) – 9.294

Olha a onda em Teahupoo, Tahiti, que a Maya surfou em outubro e inscreveu no Billabong XXL e vou dizer, continuo fã incondicional da Maya Gabeira.

Na minha opinião a mais atirada surfista brasileira, mesmo considerando os homens. Não disse o melhor, mas o mais atirado.

O melhor acho que seria o Carlos Burle, parceiro de tow in da Maya.

Olha o lip…

Olha o Tamanho do cara lá em cima da onda, na primeira foto.

Hurley Pro 2009

O WCT que acontece em Trestles está em espera e terá nova chamada às 15:00 horario do Brasil.

Assista ao vivo

Tem uma bateria que pode ter mudado a tabela de classificação, pois ao eliminar Joel Parkinsom, Rob Machado que nem competidor é, deu oportunidade para os outros encostarem no líder.

É como se o Palmeiras perdesse no brasileirão e quem ganhar chega junto…

Isso que faz com que Rob Machado seja um cara muito respeitado. Ele ja parou de competir faz tempo e tira do campeonato, como convidado, o atual líder do circuito mundial.

Respeito é uma coisa que não se rouba, não se compra, SE CONQUISTA, tanto em terra quanto no mar.

Para quem tem memória boa ele ja chegou junto em vários tops e……………….desistiu de ser estrela para virar super star

Final do Rip Curl Pipeline Masters 2006. Andy, Cory, Machado e Slater, com notas das ondas…

Na real, esse post terminou com show de Irons, intimando Slater no Maracanã do Surf.

Volte e pare o vídeo nos exatos 2 min e 19 seg e veja o momento exato da pancada…

Fui Surfar 2

Vou ficar aqui no Rio nesse fim de semana, mas estou me desconectando da net até segunda, é necessário.

Hj de manhã, enquanto passava o fax matinal, li uma reportagem da Hardcore de Andy Irons, Luke Egan, Occy e joel no deserto australiano, puta matéria, cada um dos surfistas atrás do seu eu e cada um com um objetivo diferente.

1800 km de estrada!!!

Foi lá que Occy se curou das drogas nos anos 90, Andy foi para ajustar seu psicológico, Joel lidera o ranking mundial e Egan é casca grossa e o idealizador da trip.

As fotos de surf pesado chamam a atenção, mas tem uma frase dita por Irons que dá pra entender a brincadeira:

Porra, com certeza eu puxei o bico em várias delas… Você rema em uma onda e já vê outra de um metro se formando abaixo, que vc vai ter que pular por cima, ai vc vê o coral onde vai cair logo depois. É uma onda insana e Joel me assustou ao chegar lá. Ligou para a esposa e ela lhe perguntara se levou um kit de primeiros socorros. Ele dizia: não se preocupa, agente amarra ou corta fora. Eu pensava, que diabos ele está falando??? Puta merda, não vou perder um membro aqui, vou? o hospital fica a 4 horas, as coisas não estavam me parecendo tão boas”.

Como foi dito em outro post, todo mundo tem o seu limite, do mais prego ao mais atirado.

Antes de abandonar o computador vou postar umas ondas do deserto australiano pra sentirmos o que o Irons quis dizer.

Pena que não achei nenhum vídeo na remada. E lembro que os caras citados acima foram sem jet.

Mark Mathews, tenho ouvido falar muito nesse cara quando o assunto é ondas grandes.

o Cebola postou pela paz contra os terroristas, eu como decendente de Sirio, gostaria de pedir que os Americanos e seus tanques se retirassem das nossas terras atrás do nosso petróleo.

Quando o Brasil começar a retirar o petróleo do pré sal, vai estar entre os 8 maiores produtores de petróleo do mundo, aí vcs vão entender o que estou falando….mesmo assim meus pêsames aos familiares dos mortos.

.

SCT – Slater Championship Tour 2

Resolvi transformar esse comentário em um post:

“acompanhei segunda Slater dando uma entrevista em um programa de esportes americano pela ExPN, e me parece que a Slater & Cia,vão mudar o rumo da história” Sérgio
AGUARDEM

SCT – Slater Championship Tour

Estranho…

No começo do mês pipocou notícia em toda a mídia de que estaria sendo criado um novo circuíto, encabeçado pelo ET Slater e sua gang.
Já não se ouve mais nada…
Será que soltaram a notícia para desvalorizar o possível título de Joel Parkinson (conforme foi falado)?
Será que estavam somente dizendo que o gato subiu no telhado? (e que depois caiu e morreu)
O que sei é que até o final desse mês iam soltar o formato completo e que naquela hora não diriam em pedaços…
Espero que dê certo, que tenha brasileiro e que, pelo menos uma etapa, seja realizada em outro planeta do sistema solar…
Valeu Slater!!!

Atitude!!!

“Quem não se comunica se extrumbica”, já dizia o velho guerreiro…

No mundo mederno mudou…”Quem não tem atitude se extrumbica”…

O que é ter Atitude?

.

Clash of the Icons – video heat 2

O video das duas baterias entre Curren e Occy finalmente está disponível no site da Billabong.

Segue o link

http://www.billabongpro.com/jbay09/clash_occy_v_curren.php

Clash of the Icons – está desempatado!

Como vimos Occy e Curren estão empatados no número de baterias, mas no futebol, quando empata por pontos não desempata no saldo de gols?

Tirem suas conclusões:

Estatisticas da carreira:

Curren: 3 títulos mundiais

Occy: 1 título mundial (após ficar 10 anos fora do tour)

Mark Occhilupo – June 16, 1966
Total de 685 baterias, 380 vitórias, 55% aproveitamento
22 finais, 12 vitórias, 55%aproveitamento

Tom Curren – July 3, 1964
Total de 506 baterias, 353 vitórias, 70%aproveitamento
45 finais, 33vitórias, 73%aproveitamento

fonte surfline.com

Occy dá o troco!!!

Na segunda bateria entitulada “Clash of the icons” Occy dá o troco e fatura.

Continua empatado…

Bateria 1

Tom Curren (EUA) 14.50 x Mark Occhilupo (Aus) 11.33

 

Bateria 2

Mark Occhilupo (Aus) 13.67 x Tom Curren (EUA) 13.3

em breve estaremos colocando o video da segunda bateria…

Clash of the Icons 1st Heat – 2009 Billabong Pro JBay.

segue o primeiro video divulgado pela Asp da bateria histórica entre Occy e Curren, em pleno 2009!!!

Está definido o campeão do WCT…

Após a vitória em Jefreys Bay ( J-Bay), Joel Parkinson ja pode ser considerado o campeão mundial, mesmo estando no meio do tour.

Pode guardar essa postagem e no final do ano ela será repetida aqui com a confirmação. 

Quem assistiu toda a etapa viu que seu surf está acima dos demais e que, atualmente, Joel pode ser considerado o melhor tube rider do planeta. Somado a isso ele ja tem 1400 pontos de frente para o segundo colocado.

Já era.

E o Mineiro…………perdeu uma chance enorme de disparar na segunda posição, mas blz, ele caiu no pior momento do mar.

Veja o video da final: