Arquivo da tag: raul

Sampa again

Sabado de manha…

Clip louco de uma história real…

Os Bons morrem cedo…

Love Street” is a 1968 song by The Doors which appears on their album Waiting For The Sun. The song is about the street in Laurel Canyon, California, where Jim Morrison lived with his girlfriend Pamela Courson.
Love Street was one of the many songs Jim wrote for Pam

She lives on Love Street
Lingers long on Love Street
She has a house and garden
I would like to see what happens

She has robes and she has monkeys
Lazy diamond studded flunkies
She has wisdom and knows what to do
She has me and she has you

She has wisdom and knows what to do
She has me and she has you

I see you live on Love Street
There’s this store where the creatures meet
I wonder what they do in there
Summer Sunday and a year
I guess I like it fine, so far

She lives on Love Street
Lingers long on Love Street
She has a house and garden
I would like to see what happens

La, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la

Essa cheira sabado a tarde…

Poeta Sotero Paulista

Óculos Escuros
Raul Seixas
Composição: Raul Seixas
Como vovó já dizia
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Mas não é bem verdade?
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Hummm…
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Minha vó já me dizia pra eu sair sem me molhar
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Mas a chuva é minha amiga e eu não vou me resfriar
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
A serpente está na terra e o programa está no ar
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
A formiga só trabalha porque não sabe cantar
Quem não tem colírio usa óculos escuros
Quem não tem filé come pão e osso duro
Quem não tem visão bate a cara contra o muro

(quem não tem colírio usa óculos escuros)
É tanta coisa no menu que eu não sei o que comer
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
José Newton já dizia se subiu tem que descer
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Só com a praia bem deserta que o sol pode nascer
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
A banana é vitamina que engorda e faz crescer
Quem não tem colírio usa óculos escuros
Quem não tem filé come pão e osso duro
Quem não tem visão bate a cara contra o muro

Quem não tem colírio usa óculos escuros
Quem não tem filé come pão e osso duro
Quem não tem visão bate a cara contra o muro

(quem não tem colírio usa óculos escuros)
É tanta coisa no menu que eu não sei o que comer
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Só com a praia bem deserta que o sol tem que nascer
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
José Newton já dizia se subiu tem que descer
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
A banana é vitamina que engorda e faz crescer
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Minha vó já me dizia pra eu sair sem me molhar
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Mas a chuva é minha amiga e eu não vou me resfriar
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
A serpente tá na terra e o programa está no ar
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
A formiga só trabalha porque não sabe cantar
(quem não tem colírio usa óculos escuros)
Quem não tem filé come pão e osso duro

essa musica é batida, mas o interessante é a fabula de Monteiro Lobato que essa musica foi baseada…olha de onde o Raul tirou a frase:

– A formiga só trabalha porque não sabe cantar…

Sencacional!!!!! vale a pena esperar carregar e assistir…

Há inúmeras versões desta fábula. Monteiro Lobato, precursor da História Infantil no Brasil, em seu livro Fábulas, introduziu a fábula da formiga boa, pois a outra é uma avarenta e invejosa.. Na sua versão ele finaliza dizendo: “OS ARTISTAS – POETAS, PINTORES, MÚSICOS – SÃO AS CIGARRAS DA HUMANIDADE”.
A versão em vídeo é outra releitura, que acompanha o sentimento de solidariedade, que contraria as versões conservadoras em que a formiga se morde de inveja e é avarenta:
Era uma vez uma cigarra que vivia saltitando e cantando pelo bosque, sem se preocupar com o futuro. Esbarrando numa formiguinha, que carregava uma folha pesada, perguntou:
– Ei, formiguinha, para que todo esse trabalho? O verão é para gente aproveitar! O verão é para gente se divertir!
– Não, não, não! Nós, formigas, não temos tempo para diversão. É preciso trabalhar agora para guardar comida para o inverno.
Durante o verão, a cigarra continuou se divertindo e passeando por todo o bosque. Quando tinha fome, era só pegar uma folha e comer.
Um belo dia, passou de novo perto da formiguinha carregando outra pesada folha.
A cigarra então aconselhou:
– Deixa esse trabalho para as outras! Vamos nos divertir. Vamos, formiguinha, vamos cantar! Vamos dançar!
A formiguinha gostou da sugestão. Ela resolveu ver a vida que a cigarra levava e ficou encantada. Resolveu viver também como sua amiga.
Mas, no dia seguinte, apareceu a rainha do formigueiro e, ao vê-la se divertindo, olhou feio para ela e ordenou que voltasse ao trabalho. Tinha terminado a vidinha boa.
A rainha das formigas falou então para a cigarra:
– Se não mudar de vida, no inverno você há de se arrepender, cigarra! Vai passar fome e frio.
A cigarra nem ligou, fez uma reverência para rainha e comentou:
– Hum!! O inverno ainda está longe, querida!
Para cigarra, o que importava era aproveitar a vida, e aproveitar o hoje, sem pensar no amanhã. Para que construir um abrigo? Para que armazenar alimento? Pura perda de tempo.
Certo dia o inverno chegou, e a cigarra começou a tiritar de frio. Sentia seu corpo gelado e não tinha o que comer. Desesperada, foi bater na casa da formiga.
Abrindo a porta, a formiga viu na sua frente a cigarra quase morta de frio.
Puxou-a para dentro, agasalhou-a e deu-lhe uma sopa bem quente e deliciosa.
Naquela hora, apareceu a rainha das formigas que disse à cigarra: – No mundo das formigas, todos trabalham e se você quiser ficar conosco, cumpra o seu dever: toque e cante para nós.
Para cigarra e para as formigas, aquele foi o inverno mais feliz das suas vidas.
“A FORMIGA SÓ TRABALHA PORQUE NÃO SABE CANTAR” (RAUL SEIXAS)

Quem assistir até o final, por favor comente, pois esse vale a pena…

TOCA RAUL…

Ninguém pediu…
A galera do blog curte…
vocês já devem ter percebido.
O Blog da Máfia é uma SOCIEDADE ALTERNATIVA…
Então nada mais justo fazer mais uma homenagem ao homem….

RAUL SEIXAS:

Du Caralho…

Metro linha 743

Eu não uso sapato e se tiver que usar, escolho o Que Quero!!!!!

Hoje, acordei às 7 horas da matina e fui trabalhar.

Trabalhei até as 5 da tarde, tomei um banho, coloquei uma berma, minhas havaianas verdes e fui para o bar.

6 e meia da tarde, sol alto, estava lá, com um camarada (trabalha na corretora e tava todo bunitinho), várias garrafas secas na mesa…

Fliperama rolando………fliperama????? kkkkkkkkk

Como vovó ja dizia:

-Fliperama é brinquedo de adulto…

Quem passasse na frente do bar diria:

– Quem é esse vagabundo?????

– Deve estar desempregado…

E eu diria:

– Meu chinelo eu não comprei, eu conquistei!!!!!!!

Uma que tem a ver com isso:

Raul cantando Sapato 36 apenas violão e voz…e do jeito dele!!

O Raul errando suas músicas é um clássico…olha a letra dessa música!!!!!!!!!!!!

TOCA RAUL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Liguei para meu brother Cebolitos, do bar e comentei sobre o post do Secreto sobre o chinelo e, sabem o que ele me disse??????

– Porra Brother, eu to de chinelo indo dar uma aula de Yoga!!!!

Eu to achando que essa galera não tem uma gravata no armário e quando vai num casamento pega a Beca emprestada do pai.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Muitas pessoas vivem de sonhos
e esquecem que é preciso viver
é importante sonhar,
mas não se esquecer da vida…

Aeee mulecada, todo mundo com a mão pra cima assim e vamo manda se fudeeeeeeee

– Eu não sei faze poesia, MAS QUE SE FODA!!!!

QUE SE FODA a hipocresia, QUE SE FODA o sistema, QUE SE FODAM os politicos, QUE SE FODA a tirania, QUE SE FODA os que julgam, mas tudo sem preconceito!!!!!!!!!

FUI SURFAR…..

Vou pra praia amarradão.
Encontrei os amigos e demos umas risadas.
Desço a serra com a semana de trampo cumprida.
Rauzito é que estava certo.Vou atrás da paz e da quietude da natureza, deixar a selva de concreto para trás e fazer do meu dia como se a Planeta estivesse parado.
Como na energia de um tubo seco vou observar a Terra de outro modo: LÁ DA PRAIA
Até a volta companheiros.
Valeu Raul

Metro Linha 743

se liga na letra dessa música, o que tem na minha cabeça, a mim pertence…

Meu Portugues faço Eu!!!

Se prestar atenção, ja aboli diversos acentos.

Num “é” ou outro, a gente coloca, mas toda hora, é uma tecla a mais pra quem escreve todo dia.

se vc entende perfeitamente o que a frase quer dizer, qual a utilidade do acento????

Como sempre o Raulzito errando alguns versos…..

Raul Seixas no Blog

Como já virou moda, aqui vai um post musical.

Tive a oportunidade de ir a um dos ultimos shows que Raul fez antes de morrer, ao lado do parceiro Marcelo Nova e, infelizmente o estado de Raulzito era deplorável.

Dá uma olhada que muito tempo antes ele já mantinha esse estado alterado de viver. Pior que ai ele num tinha o Marceleza para corrigir seus erros…

vc que entende de guitarra percebe que tem algumas horas que desligam a guitarra dele, pois não está tocando coisa com coisa!!!!

Vida eterna ao Raul, onde estiver cantando.