Arquivo da tag: VERDE

GREEN CAP

green cap

o detrito é federal..

“Acabo de chegar de um lugar incrível, onde a natureza é infinita nas suas formas e cores.
O velho cerrado do centro-oeste do nosso país.
Visões de abundância!
Uma cidade pequena, cachoeiras aos montes, trilhas e mais trilhas, ranchos produtivos e improdutivos se perdendo na visão.
Uma população residente de produtores, donos de ranchos, seus lavradores, gringos artistas que passavam e ficaram, turistas, nativos.
Não fiquei lá muito tempo, uma semana, mas gosto de viagens curtas porque as torno sempre muito intensas, quero provar e aproveitar tudo e na maior consciência.
E é nesse ponto mesmo que quero chegar- consciência.
Mais ciência, na verdade.
Quero trazer a todos o fato desta cidade despejar todo o seu lixo- que não é pouco- em um lixão que fica ha 3km do centro da cidade, que já é a própria cidade.
Moscas e mau cheiro incomodam os mais atentos.
Me parece que não há outra preocupação que não seja o fim do mundo e ufos.
Não há limpeza pública. A rua está cheia de guimbas de cigarro, papéis de bala, latinhas….não há nem reciclagem nem compostagem.
O lixão não é legal, não é aterro, não há produção de energia e de acordo com moradores não há investimento nem interesse político em se fazer nada a respeito.
Os moradores que se dizem “verdes”, eco isso eco aquilo, hippies, músicos e artistas estão ali…meio que desfrutando, desfrutando…aproveitando a enxurrada de interesse turístico, vendendo seus trampos, mas na moral, não vi um movimento nesse sentido.
Esqueceram de avisar que os recursos são renováveis caso haja preservação…com degradação são extintos.
Essa terra abriga o ameaçado de extinção Lobo-Guará…coisa mais linda…eu vi um no mirante próximo ao portal da Chapada…cores vibrantes.
Terra dos tucanos e araras livres. E uma guimba de cigarro sendo levada para o ninho de uma ave é triste fim de filhotes e talvez da espécie.
Muito triste…
Saí, me diverti, ouvi um som, explorei as trilhas com meus pés e a paisagem com fotos…levei meu lixo para fora da cidade e joguei numa área de maior interesse político: Brasília…o detrito é federal…”

Flávia

VERDE pra quem?

E ESSA NAO É NEM A PRIMEIRA DO HUCK……EM FERNANDO DE NORONHA APOS PELO MENOS 3 EMBARGOS NA CONSTRUÇAO DE SUA MEGA POUSADA EM SOCIEDADE COM OS DINIZ(pao de açucar) MISTERIOSAMENTE CONSEGUIU DESEMBARAÇAR OS PROCESSOS E TERMINAR A OBRA,SERA Q FOI UMA OBRA VERDE/AMBIENTAL?POIS OS PREÇOS DA ESTADIA SO PAGANDO EM VERDE U$………..

Anarquia verde

Anarquia verde, foi o nome que dei para um protesto emque todos deveriam aderir.
Você que pega onda, tem obrigação de cuidar do verde e do Planeta.
A Natureza é parte integrante e ativa do nosso cotidiano.
Não jogue lixo nas ruas,bitucas de cigarros, latas, copos ou qualquer coisa que possa poluir nossos rios e mares.
O oceano é nosso playground e devemos dele como cuidamos da nossa casa.
Não precisa ser eco chato e azucrinar as pessoas com suas opiniões e idéias.
Apenas faça sua parte e cuide do que seu.
Rodrigo, amanhã estarei com “aquele” livro que fala a respeito da Natureza e como preservar o verde a qual falamos ontem.
Se der me liga ou passa em casa e falamos respeito.
Tô no aguardo….